Japeri | 21 de março de 2017 - 13:36

Japeri pretende construir memorial em homenagem aos chineses

Baixada Fácil

Japeri pretende construir memorial em homenagem aos chineses

Em reconhecimento à importância dos chineses para a história da cidade e desenvolvimento da região, a Prefeitura de Japeri pretende construir um memorial. O levantamento histórico que justifica a construção e a maquete do projeto foram apresentados na manhã de quarta-feira (15/03), à vice-presidente da Câmara de Comércio e Indústria Brasil China (CCIBC), Uta Schwietzer. O encontro aconteceu na sede da prefeitura.


“O memorial é um símbolo do respeito e admiração que a sociedade de Japeri tem pela cultura, determinação e força do povo chinês. Será um monumento original sobre a passagem dos chineses por Japeri em razão da migração de trabalhadores para a construção de novas linhas férreas da antiga Estrada de Ferro D. Pedro II”, explicou o prefeito Carlos Moraes.


A iniciativa foi aprovada pela representante da CCBIC. “O projeto é fantástico, sério e resgata a história dos chineses no Brasil. Estou honrada em ser recebida em Japeri com tanto carinho e terei imenso prazer em apresentar esta proposta no consulado”, acrescentou Uta Schwietzer.


O vice-prefeito César Melo, vereadores e secretários municipais também acompanharam a apresentação do projeto.
 


A história dos chineses em Japeri 


O vínculo histórico entre Japeri e a China com mais força foi a construção da estrada de ferro. De acordo com o historiador ferroviário Ademar Benévolo, em um livro de 1953, cerca de cinco mil trabalhadores chineses morreram em decorrência das doenças (malária, febre amarela, leishmaniose etc.) transmitidas por mosquitos que proliferavam nos açudes da Baixada Fluminense. Infelizmente, as péssimas condições de trabalho da época foram cruciais para a sobrevivência destes trabalhadores. Somente através do empenho e força dos chineses foi possível levar o progresso ao vale do Iguaçu.
 


Como será o memorial 


O projeto do memorial se diferencia de outras iniciativas como praças e bustos porque em sua essência ele procura respeitar os elementos simbólicos, artísticos, religiosos e arquitetônicos da cultura chinesa. Dessa forma, o memorial se transfigura em um ponto turístico, que se incorpora ao patrimônio histórico da cidade reinventando a biografia do município.  O local se tornará espaço de respeito, admiração e união com os chineses. Além de um monumento para culto religioso. O memorial terá alguns elementos da cultura chinesa, buscando a harmonia entre os símbolos e tradições chinesas e as tendências do design contemporâneo da arquitetura e engenharia mundial.


Entre os elementos que serão utilizados na construção do memorial estão as cores amarelo, preto e vermelho, o bambu, o incensário e uma pedra angular. 


 


  • Seus dados

  • Nome completo *
    Digite seu nome completo
  • E-mail *
    Digite seu nome completo

  • Dados dos seus amigos

  • Limite de 10 e-mails por envio.
  • Nomes *
    Caso queira enviar para vários amigos, basta separar os nomes com vírgulas.
    Exemplo: George Gonçalo, Ana Leticia, Mauro Gomes
  • E-mails *
    Digite os e-mails dos seus amigos. Siga a mesma ordem dos nomes.
    Exemplo: george@email.com, ana@email.com, mauro@email.com
  • Mensagem *
    Essa mensagem será enviada para seus amigos, junto com a indicação