Duque de Caxias | 07 de abril de 2017 - 21:52

Câmara de Duque de Caxias promove 1º Encontro Pró-Animal

Baixada Fácil

Câmara de Duque de Caxias promove 1º Encontro Pró-Animal

Com objetivo de cobrar políticas públicas direcionadas aos animais, a Câmara de Duque de Caxias promoveu o 1º Encontro Pró-Animal nesta quarta-feira, dia 05/04. A audiência reuniu vereadores, autoridades de segurança pública, ativistas da causa e população em geral para debater ideias e apontar as melhores ações.


O vereador Junior Uios (PT) conduziu os trabalhos e se deixou à disposição para ocupar a Comissão dos Direitos dos Animais do Legislativo. “A causa dos direitos dos animais tem crescido ao longo dos anos, por isso decidimos realizar esse primeiro encontro. A proposta é reunir informações, sugestões e qualquer colaboração pela defesa dos animais para encaminharmos um relatório ao Executivo.”


Propondo a união de diversos segmentos da sociedade, o ativista Julio Cesar está criando o movimento Rede de Proteção Animal. “Só conseguiremos se somarmos forças. Estamos em fase de implementação e crescimento, com profissionais de diversas áreas em prol da causa animal. Esse é um movimento que grita a insatisfação pelo descaso e abandono.”


A advogada Margareth Bahia, responsável pelo Abrigo de Anchieta, alerta que os abrigos em geral estão lotados. “Nós resgatamos animais que sofrem maus tratos, cuidamos e procuramos adotantes. Mas, muitos não querem os vira-latas e os abrigos ficam lotados. Temos hoje 60 cachorros e 35 gatos vivendo unicamente de doações. Seria primordial uma unidade de assistência automotiva itinerante para ofertar remédios, vacinar e castrar os animais.”


Segundo a advogada Ana Paula, existe legislação suficiente para tratar da causa, mas falta o cumprimento da lei e maior fiscalização. “A primeira lei que atribuiu responsabilidade humana sobre os animais foi na Era Vargas. Em Duque de Caxias, a Lei 2374/11 visa boas condições aos animais domésticos. Temos leis em abundância, mas não são eficazes por falta de fiscalização. É preciso abrir os olhos para uma realidade que choca, principalmente aos maus tratos.”


Representantes do 15º Batalhão da Polícia Militar, major Martin e tenente Medeiros enfatizaram que é preciso estender o debate para as escolas. “São necessárias campanhas de conscientização sobre maus tratos aos animais. Produzir uma cartilha informativa e distribuir nas escolas e aos servidores responsáveis pela fiscalização seria um caminho educativo, já que muitos desconhecem as leis existentes”, reforçou o major Martin. 


 


 


  • Seus dados

  • Nome completo *
    Digite seu nome completo
  • E-mail *
    Digite seu nome completo

  • Dados dos seus amigos

  • Limite de 10 e-mails por envio.
  • Nomes *
    Caso queira enviar para vários amigos, basta separar os nomes com vírgulas.
    Exemplo: George Gonçalo, Ana Leticia, Mauro Gomes
  • E-mails *
    Digite os e-mails dos seus amigos. Siga a mesma ordem dos nomes.
    Exemplo: george@email.com, ana@email.com, mauro@email.com
  • Mensagem *
    Essa mensagem será enviada para seus amigos, junto com a indicação