11 de dezembro de 2017 - 18:46

Teatro Raul Cortez apresenta espetáculo "Elias – O Épico Oratório de Felix Mendelssohn"

Baixada Fácil

Teatro Raul Cortez apresenta espetáculo

No próximo dia 14 de dezembro, Duque de Caxias receberá o espetáculo “Elias – O épico oratório de Felix Mendelssohn-Bartholdy”, às 19h, no Teatro Municipal Raul Cortez (Praça do Pacificador, centro do município). A apresentação tem o apoio da Prefeitura de Duque de Caxias, através da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo.


O grande épico oratório Elias, a obra-prima de Felix Mendelssohn Bartholdy, será interpretado pela Cia. Bachiana Brasileira – orquestra, coro e solistas –, sob direção do maestro Ricardo Rocha.


A Bachiana recebeu o Prêmio de Cultura do Estado do Rio de Janeiro em 2009 e teve montagens eleitas em 2007, 2008 e 2011, entre as dez melhores pelo jornal O Globo, reconhecimento que a consagrou como um dos conjuntos mais importantes da cena musical fluminense.


A Orquestra e o Coro da Cia. Bachiana Brasileira traz para o palco do Raul Cortez 90 artistas, além de doze solistas. No quarteto principal, o barítono Marcelo Coutinho, no papel-título; Veruschka Mainhard, soprano; Carolina Faria, contralto; e Eric Herrero, tenor. O Coro terá, como solistas, Ana Cecília Rebelo e Michele Menezes, sopranos; Lily Driaze e Jane Acosta, contraltos; Roberto Montezuma e Ossiandro Brito, tenores; Cyrano Sales e Francisco Carriço, baixos.


Com o patrocínio do Ministério da Cultura e da Innospec do Brasil, por meio da Lei Rouanet, a montagem é cantada no original em alemão, com legendas em português.


Palestra sobre a obra acontece dia 12 de dezembro



Como parte do projeto, na quarta-feira, dia 12 de dezembro, às 15 horas, alunos e professores da rede pública de ensino poderão assistir gratuitamente a palestra do maestro Ricardo Rocha, diretor artístico da Cia. Bachiana Brasileira, contextualizando essa grande obra. O público em geral também é bem-vindo, sujeito à lotação do teatro.


Mais conhecido do grande público por obras como Sonho de uma Noite de verão, com a famosa marcha nupcial, ou a Sinfonia Escocesa, Mendelssohn já aos 27 anos de idade se deixou enlevar pela história do profeta que resistiu ao culto do ídolo Baal e às perseguições ordenadas pela rainha Jezabel. Foram necessários dez anos de trabalho para a realização deste seu Elias, sua mais importante composição.


Com suas quase duas horas e meia de duração divididas em duas partes, a obra é gigantesca também em termos de intensidade. O coro é exigido o tempo todo: participa da ação ora como povo de Israel, ora como a congregação de sacerdotes de Baal ou ainda como coro de anjos.


Serviço:
“Elias - oratório de Felix Mendelssohn para coro, orquestra e solistas”
Por Cia. Bachiana Brasileira - Ricardo Rocha, direção e regência
12 de dezembro, terça-feira, às 15h: palestra "O profeta Elias, ontem e hoje - uma saga musical"
14 de dezembro, quinta-feira, às 19h: concerto
Local: Teatro Raul Cortez, Praça do Pacificador, s/nº, Centro – Duque de Caxias
Entrada franca


  • Seus dados

  • Nome completo *
    Digite seu nome completo
  • E-mail *
    Digite seu nome completo

  • Dados dos seus amigos

  • Limite de 10 e-mails por envio.
  • Nomes *
    Caso queira enviar para vários amigos, basta separar os nomes com vírgulas.
    Exemplo: George Gonçalo, Ana Leticia, Mauro Gomes
  • E-mails *
    Digite os e-mails dos seus amigos. Siga a mesma ordem dos nomes.
    Exemplo: george@email.com, ana@email.com, mauro@email.com
  • Mensagem *
    Essa mensagem será enviada para seus amigos, junto com a indicação