13 de dezembro de 2016 - 18:15

Dia do Deficiente Visual: médica alerta para riscos de doenças que podem levar à cegueira

Baixada Fácil

Dia do Deficiente Visual: médica alerta para riscos de doenças que podem levar à cegueira

No dia 13 de dezembro celebra-se o Dia Nacional do Deficiente Visual. A deficiência visual atinge cerca de 20% da população, de acordo com o Censo 2010 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Aproveitando as atenções à data, a oftalmologista Kátia Mello, diretora do Centro da Saúde Ocular Kátia Mello, em Duque de Caxias - RJ, alerta para a importância de prevenir e tratar a catarata e o glaucoma, principais causas de cegueira evitável no país.


Estima-se que o glaucoma atinja cerca de um milhão de pessoas no Brasil. A doença é causada pela lesão do nervo óptico relacionada à pressão ocular alta. Por ser assintomático, as consultas regulares com o oftalmologista são indispensáveis para a identificação precoce do problema. Segundo Kátia Mello, essa doença, quando não tratada e diagnosticada a tempo, leva à cegueira irreversível. O tratamento é fundamental para evitar a perda da visão remanescente.


Para as pessoas que possuem histórico de glaucoma na família, o exame preventivo é imprescindível, já que elas apresentam mais chances de desenvolver a doença. Também fazem parte do grupo de risco os portadores de diabetes; os míopes e hipermétropes; os maiores de 60 anos; e negros, principalmente com mais de 40 anos de idade.


A catarata, lesão ocular que atinge e torna opaco o cristalino, é outra doença que se não for tratada pode levar à perda da visão. "A catarata é a maior causa de cegueira evitável. Os portadores da doença não devem temer a cirurgia, pois o procedimento é simples e a recuperação costuma ser muito rápida", explica a Dra. Kátia Mello.


Entre os sintomas da catarata estão: sensação de visão embaçada ou com névoa, sensibilidade à luz e alteração da visão de cores. Com a progressão da doença, as pessoas poderão enxergar apenas vultos.


De acordo com a oftalmologista Kátia Mello, ficar longas horas exposto ao sol pode possibilitar a progressão da catarata, além de outros problemas oculares. Por isso, ela recomenda o uso de óculos com proteção solar ultravioleta A e B mesmo por crianças.


A médica também chama a atenção para a importância da prevenção da cegueira na infância. "O glaucoma congênito e a catarata congênita são as principais causas da perda de visão em crianças. Um pré-natal adequado e o teste do olhinho são imprescindíveis", orienta ela.


Dia Nacional do Deficiente Visual


O Dia Nacional do Deficiente Visual (13 de dezembro) foi criado pelo então Presidente da República Jânio da Silva Quadros, através do Decreto nº 51.405/61 - publicado no Diário Oficial da União em 26 de julho de 1961. O objetivo era alertar as autoridades e a sociedade a respeito do incentivo à solidariedade humana, descrita na Declaração Universal dos Direitos Humanos, que resguarda o direito de igualdade e solidariedade sem discriminação e distinção a qualquer grau. Quadros, ao criar a data, também queria prestar uma homenagem a José Álvares de Azevedo, após este ter introduzido a leitura braile no nosso País. O dia também é conhecido como o Dia de Santa Luzia, a protetora da visão.


Mais informações no site www.centrokatiamello.com.br,
no perfil da clínica no Facebook: https://www.facebook.com/centrokatiamello.com.br?fref=ts, ou pelo telefone: (21) 3344-7321.


  • Seus dados

  • Nome completo *
    Digite seu nome completo
  • E-mail *
    Digite seu nome completo

  • Dados dos seus amigos

  • Limite de 10 e-mails por envio.
  • Nomes *
    Caso queira enviar para vários amigos, basta separar os nomes com vírgulas.
    Exemplo: George Gonçalo, Ana Leticia, Mauro Gomes
  • E-mails *
    Digite os e-mails dos seus amigos. Siga a mesma ordem dos nomes.
    Exemplo: george@email.com, ana@email.com, mauro@email.com
  • Mensagem *
    Essa mensagem será enviada para seus amigos, junto com a indicação