06 de março de 2017 - 20:27

Defensoria Pública prestará atendimento às mulheres na estação do Metrô da Carioca, neste dia 8

Baixada Fácil

Na próxima quarta-feira, 8 de março, Dia Internacional da Luta da Mulher, a Coordenação de Defesa dos Direitos da Mulher da Defensoria Pública do Estado do Rio de Janeiro (DPRJ) vai prestar atendimento e orientação às mulheres que passarem pela estação do Metrô da Carioca. A ação, desenvolvida em parceria com o Metrô Rio e o fotógrafo Márcio Freitas, contará também com a exposição “Nunca me Calarei” – composta por uma série fotográfica de rostos de mulheres brasileiras que sofreram alguma forma de assédio, violência ou abuso sexual – e uma roda de conversa sobre a violência de gênero.
 
O atendimento às mulheres na estação do Metrô da Carioca terá início a partir das 6h da manhã. Às 16h, haverá uma roda de conversa com as defensoras públicas do Núcleo de Defesa dos Direitos da Mulher e de Vítimas de Violência de Gênero da Defensoria (Nudem) Arlanza Rebello, Matilde Alonso, Simone Estrellita, Flávia Nascimento, Leticia Furtado Vanessa Gaio, além do fotógrafo, do público e demais convidados.
 
A série fotográfica “Nunca me Calarei” busca sensibilizar a sociedade sobre o problema da violência contra a mulher ao mostrar, através dos olhares das vítimas fotografadas, sentimentos guardados após as agressões. Indignação, dor, medo, mágoa, raiva transbordam em cada uma das imagens da exposição.
 
A defensora Arlanza Rebello, coordenadora de Defesa dos Direitos da Mulher da DPRJ, explica que, ao unir a arte e a orientação jurídica, a ação tem como objetivo fazer com que toda a sociedade reflita sobre os efeitos nocivos do machismo, que tem como consequência a violência de gênero. E isso ao mesmo tempo em que informa as mulheres sobre direitos e serviços a serem buscados.   
 
”Na ação, vamos mostrar que o Núcleo de Defesa da Mulher é porta para as mulheres que querem ter informação sobre seus direitos. Vamos prestar orientação às mulheres que passarem pela estação e finalizaremos com uma roda de conversa, com a participação do público. Essa ação, em conjunto com a exposição fotográfica, será muito importante para sensibilizar as pessoas, buscando que a sociedade passe a se questionar sobre a gravidade da violência contra a mulher”, ressaltou a defensora.

Mais informações sobre o projeto “Nunca me Calarei” estão disponíveis no Facebook.
 
Serviço:
Atendimento da DPRJ, exposição e roda de conversa sobre a violência contra a mulher.
Data: quarta-feira, 8 de março
Local: Estação Metrô da Carioca
Horário: a partir das 6h


 


  • Seus dados

  • Nome completo *
    Digite seu nome completo
  • E-mail *
    Digite seu nome completo

  • Dados dos seus amigos

  • Limite de 10 e-mails por envio.
  • Nomes *
    Caso queira enviar para vários amigos, basta separar os nomes com vírgulas.
    Exemplo: George Gonçalo, Ana Leticia, Mauro Gomes
  • E-mails *
    Digite os e-mails dos seus amigos. Siga a mesma ordem dos nomes.
    Exemplo: george@email.com, ana@email.com, mauro@email.com
  • Mensagem *
    Essa mensagem será enviada para seus amigos, junto com a indicação