Política | 29 de novembro de 2016 - 15:51

Para PEC pelo fim do serviço militar obrigatório tramitar, Pansera busca apoio de outros parlamentares

Baixada Fácil
Para PEC pelo fim do serviço militar obrigatório tramitar, Pansera busca apoio de outros parlamentares

Dando seguimento a uma bandeira de campanha, o deputado federal Celso Pansera está com uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) para instituir o serviço militar facultativo. Para que a PEC tramite, é necessário o apoio de 172 parlamentares.


Pansera, que recolhe as assinaturas pela Câmara, explica sua visão de que o serviço militar obrigatório cumpriu seu papel histórico no país.


“É chegada a hora de, com uma visão mais lúcida da situação atual em que nos inserimos, deixar de lado perspectivas do passado e avançar no sentido da eliminação dessa previsão constitucional”, disse Pansera.


No texto, o deputado federal sustenta a tese com base em três pilares: a necessidade de conferir máxima efetividade aos direitos individuais vinculados à liberdade dos jovens; a premência por profissionalização de nossas Forças Armadas; e o reconhecimento de que as dificuldades orçamentárias afetam a capacidade de absorção de grandes efetivos pelas Forças Singulares.


“A aprovação desta PEC levará o Brasil ao patamar de outras nações que já adotaram expediente semelhante, contribuindo, ao mesmo tempo, para a economia nacional e para a prevalência dos direitos individuais, e de reforçar a operacionalidade de nossas Forças”, finaliza Celso.