Política | 30 de março de 2017 - 15:39

Deputado Celso Pansera recebe Medalha Tiradentes

Baixada Fácil
Deputado Celso Pansera recebe Medalha Tiradentes

O deputado federal Celso Pansera recebeu, na última segunda-feira, 27/03, a Medalha Tiradentes, na Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj). Com o plenário repleto de familiares, amigos e autoridades, a sessão foi presidida pelo autor da comenda, o deputado estadual Dica.


“A maior comenda do Estado está sendo entregue nesta cerimônia a um homem que trouxe à população do Rio de Janeiro para o século XXI, que investiu todos os esforços e conseguiu oferecer educação tecnológica, inserção digital, ferramentas para o exercício da cidadania. Essa pessoa foi o deputado federal Celso Pansera”, ressaltou o deputado Dica, no início da sessão.


Escolhida cuidadosamente pelo homenageado, a composição da mesa foi toda de mulheres: Rute Alves, liderança comunitária de Duque de Caxias e uma das fundadoras do Conselho Municipal do Direito da Mulher de Duque de Caxias; Suzimar Clementino, presidente do Polo Gastronômico do Jardim Oceânico e vice-presidente do Fundo ELAS, o único fundo independente dedicado às mulheres que existe no Brasil; professora Ingrid Couto, diretora geral da Faetec Niterói – Escola Técnica Estadual Henrique Lage; Vitória Maria, presidente do Conselho Regional de Contabilidade do Estado do Rio de Janeiro (CRC-RJ); e Edna Raquel Hogemann, coordenadora do curso de Direito da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (Unirio).


A mesa destacou algumas passagens de Pansera, quando militante e professor. “Os anos mais prósperos da Faetec foram na gestão do presidente Celso Pansera. Foram vários prêmios conquistados pela instituição, pela qualidade de ensino ofertado, pela capacitação de seus profissionais. Com Celso na Presidência, a Faetec cresceu muito, aumentaram as unidades, as ofertas educacionais e com isso, muitas portas se abriram para os jovens do Estado do Rio”, destacou a professora Ingrid Couto.


Também esteve presente à solenidade o deputado estadual Nivaldo Mulin (PR), que também homenageou Pansera. “Acompanho sua trajetória política, deputado Celso Pansera, e afirmo que é uma das mais bonitas e dignas. Estou muito feliz de estar aqui ao lado do deputado Dica, nessa justa homenagem”, comentou o parlamentar.


A solenidade foi encerrada com a fala do homenageado, que primeiramente agradeceu à equipe de trabalho e, na sequência, aos presentes. Pansera fez uma breve passagem por sua chegada ao Rio de Janeiro, seus tempos de universitário, sua militância e, em especial, ao período em que foi presidente da Faetec. No discurso, o deputado contou também a experiência de ter sido ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação.


“Eu queria agradecer muito ao deputado Dica por essa homenagem. É um momento marcante não só para mim como também para minha família e amigos que vieram me prestigiar mesmo sendo um dia normal de trabalho. Tenho muito orgulho da minha vida e da minha história. A gente sabe o quanto é difícil ser político em um momento como esse, mas temos noção de quanto é importante que exista a política para que a sociedade continue avançando, não só em termos de Brasil, mas de humanidade como um todo. E quem sabe um dia possamos chegar a um patamar em que as diferenças sociais não sejam tão gritantes e que as pessoas vivam de uma forma mais digna e um pouco mais igualitária”, agradeceu o homenageado.


Medalha Tiradentes


A medalha Tiradentes é a mais alta condecoração concedida pela Alerj a pessoas que prestaram relevantes serviços à causa pública do Estado. A medalha foi instituída por ocasião da comemoração do bicentenário da Inconfidência Mineira, em 21 de abril de 1989.


Em uma de suas faces, traz a imagem do Protomártir da Independência, Joaquim José da Silva Xavier, o Tiradentes. Na outra face, a inscrição latina “Libertas Quae Sera Tamen”  (Liberdade ainda que tardia), circundada pelo contorno geográfico do país.


Na lista de autoridades e personalidades contempladas com a láurea estão o Papa Bento XVI; o ex-presidente da França, Jacques Chirac; o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva; os ministros Luiz Fux (STJ) e Celso Amorim (Relações Exteriores); o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin; entre outros. Empresas como Petrobras, Rede Globo, Infraero e Rede Record também já foram contempladas com a comenda.