Municípios | Mesquita | 26 de junho de 2017 - 18:24

Mesquita abre cadastro para o Programa habitacional municipal “Meu Lar”

Baixada Fácil
Mesquita abre cadastro para o Programa habitacional municipal “Meu Lar”

A Prefeitura de Mesquita seguirá a partir do dia 26 de junho com o cadastro do Programa  “Meu lar”, onde podem se cadastrar interessados em adquirir unidades pelo programa Federal Minha Casa Minha Vida (MCMV) na cidade. A novidade é que, a partir de agora, a inscrição será feita através de um sistema desenvolvido pela equipe da Subsecretaria de Tecnologia da Informação, acabando com a burocracia e dando mais agilidade para traçar um perfil da demanda do programa habitacional em Mesquita.


O software vai informatizar o cadastro do programa habitacional, gerando relatórios rápidos e de acordo com a seleção desejada, como renda familiar, gênero, idade, número de dependentes, bairro, se é ou não deficiente ou beneficiário de algum programa social, por exemplo. O programa será utilizado pelas equipes das secretarias de Meio Ambiente e Urbanismo (SEMMURB) e Assistência Social (SEMAS).


No início do ano, a atual gestão encontrou aproximadamente 1600 cadastros em arquivo, para o programa federal habitacional. Houve uma convocação em maio para recadastramento, onde pouco mais de 400 famílias compareceram confirmando a inscrição inicial. “Esse processo é fundamental, pois queremos traçar um perfil da necessidade habitacional do município. Com esse programa, vamos oferecer relatórios completos para os investidores apresentando uma demanda real por unidades habitacionais”, afirma Luney Martins, secretário da SEMMURB.


O Minha Casa Minha Vida, apesar de ter sido lançado em 2009 pelo Governo Federal, chegou em Mesquita apenas este ano. As obras começam no segundo semestre de 2017 no bairro Maria Cristina, onde 260 apartamentos serão construídos na faixa 1,5, beneficiando famílias com renda de até R$ 2,6 mil. “É fundamental termos os dados sempre atualizados. Com o sistema desenvolvido, isso ficará muito mais fácil. Vamos identificar a verdadeira demanda de Mesquita e com isso, aproximar os construtores e consequentemente, verticalizar a cidade responsavelmente, usando a infraestrutura urbana já existente”, conclui Martins.


Capacitação


A equipe da Subsecretaria de Tecnologia da Informação capacitou os funcionários das secretarias de Meio Ambiente e Urbanismo e de Assistência Social, que irão atuar no cadastro da população. De acordo com o subsecretário de Tecnologia da Informação, o sistema, criado 100% por servidores do município, além de gerar economia aos cofres públicos, poderá ser alterado de acordo com as demandas dos usuários.


“Economizamos muito financeiramente, pois deixamos de contratar uma empresa de informática para fornecer esse tipo de software. Tudo foi desenvolvido pelos nossos analistas de sistemas e programadores. Pode ser que, durante o dia a dia, o programa precise de alterações. Assim, conseguimos fazer todas as adaptações de forma rápida e de acordo com a necessidade da secretaria”, explica Ronald Henrique.


Os interessados devem comparecer na sede da prefeitura ou em qualquer Centro de Referência da Assistência Social (CRAS), de segunda a sexta, das 10h às 16h, com identidade, CPF, comprovante de residência e deixar telefone de contato. Também é preciso apresentar o Número de Identificação Social (NIS), quem for se cadastrar no MCMV faixa 1, que atende famílias com renda de até R$ 1.800 por mês.