02 de junho de 2014 - 19:05

Unigranrio promove palestra gratuita sobre Comunicação Empresarial

Baixada Fácil

A Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa da Unigranrio (Propep) e a Pró-Reitoria Comunitária e de Extensão (Proce) realizam nos dias 03 e 04 de junho, durante as comemorações pelos 44 anos da Unigranrio, a sétima edição do Seminário de Ensino, Pesquisa e Extensão (Sepex), no Campus I, em Duque de Caxias. No dia 03, às 10h30, o professor Paulo Roberto Nassar, diretor-presidente da Associação Brasileira de Comunicação Empresarial (Aberje) e referência internacional na área de Comunicação, ministrará a conferência de abertura do Sepex, abordando o tema “Administração da Comunicação em Empresas e Instituições”. (Leia a entrevista com Roberto Nassar, logo abaixo).


Na programação do VII Sepex (http://migre.me/jt1D4) haverá ainda workshops, mesas-redondas e palestras com alunos e docentes pesquisadores dos Programas de Pós-graduação Stricto Sensu. Os temas serão apresentados e discutidos por professores da USP, FGV, UFF, UERJ, Secretaria de Educação de Duque de Caxias e da Unigranrio. No dia 4 de junho, por iniciativa da Proce, a programação destina-se à apresentação de pôsteres, palestras, e minicursos.


Neste ano, o público terá a oportunidade de conferir ainda a exposição ‘Retalhos do Vivido’, que mostra a Unigranrio no contexto da cidade, com reproduções fotográficas sobre memória e história da universidade. Sob curadoria da historiadora Tânia Amaro, a mostra está disponível na Biblioteca Euclides da Cunha, no campus I, em Duque de Caxias.


O pró-reitor de Pesquisa e Pós-Graduação, Emílio Francischetti, afirma que a Unigranrio sempre manteve seu perfil voltado aos princípios de seu fundador, professor José de Souza Herdy, que neste ano completaria 90 anos. “A Unigranrio pode se orgulhar de ser, nos dias atuais, uma estrutura educacional não pública que persegue a excelência acadêmica, e que, ainda, respeita e enaltece a criatividade e inovação. Seu diferencial é que todo esse imenso esforço em materializar sonhos e convicções é dirigido, como queria seu idealizador, para ascensão social de quem vive e trabalha na Baixada Fluminense”, disse ele.


A diretora do Núcleo de Pesquisa e Iniciação Científica da Unigranrio, Virgínia Genelhu de Abreu, acredita que a sétima edição do Sepex apontará novas direções na pesquisa da instituição e, também, apresentará resultados de trabalhos que mostram o espírito empreendedor de seus alunos e professores, e a vontade de ir além da sala de aula: “Neste ano, tivemos a incorporação de novos pesquisadores aos quadros da universidade, aumento quantitativo e qualitativo na produção intelectual, representada por publicações de trabalhos de alta qualidade e que conferem maior projeção da Unigranrio no cenário das instituições de renome no campo da pesquisa”.


Confira a entrevista com o professor Paulo Roberto Nassar de Oliveira, diretor-presidente da Associação Brasileira de Comunicação Empresarial (Aberje), que ministrará palestra gratuita sobre Comunicação Empresarial, nesta terça-feira (03), na Unigranrio:


Qual o sentido de uma área de estudos destinada à Comunicação Empresarial?
As empresas são importantes protagonistas da sociedade contemporânea. Além de dependerem delas, diariamente, bilhões de pessoas comunicam e se relacionam no ambiente laboral. Não fosse apenas por esses fatos, as empresas, pelas suas comunicações, definem cultura e hábitos de consumo, os comportamentos das pessoas, incluindo os seus trabalhadores e executivos, em relação à cultura, ao meio ambiente, à economia, à política, entre outras interfaces.


Que tipo de profissional deve exercer este campo de atividade?
Um profissional sofisticado e culto, que observe o mundo a partir da técnica, da ética e da estética. A empresa deve ser vista não só como texto, mas em sua relação inseparável com os contextos onde se insere.


Como se posiciona o ‘Comunicador Empresarial’ junto às empresas?
De maneira crítica e propositiva, vendo a empresa como um ator social, produtora de riquezas, seja por meio de seus produtos, pagamentos de impostos, geradora de empregos e, também, de ação transcendente quando assume que tem responsabilidades, tais como a social, a ambiental, a cultural e a histórica.


Esse profissional deve fazer parte do quadro empresarial?
Os modelos de atuação são inúmeros, mas devem ser evitados aqueles que precarizam o trabalho, transformando o trabalhador da informação em um ‘infoproletário’, sem direitos, sem descanso e lazer.


Quais as perspectivas futuras desse ramo?
As melhores possíveis, levando-se em conta que a comunicação tornou-se, na sociedade contemporânea, um componente fundamental de gestão e da vida. Empresa que se comunica mal não pode obter sucesso em seu segmento de trabalho.


 


  • Seus dados

  • Nome completo *
    Digite seu nome completo
  • E-mail *
    Digite seu nome completo

  • Dados dos seus amigos

  • Limite de 10 e-mails por envio.
  • Nomes *
    Caso queira enviar para vários amigos, basta separar os nomes com vírgulas.
    Exemplo: George Gonçalo, Ana Leticia, Mauro Gomes
  • E-mails *
    Digite os e-mails dos seus amigos. Siga a mesma ordem dos nomes.
    Exemplo: george@email.com, ana@email.com, mauro@email.com
  • Mensagem *
    Essa mensagem será enviada para seus amigos, junto com a indicação