Sena em Cena | 25 de julho de 2017 - 14:54

VALORES INVERSOS

Depois da breve apresentação de um amigo ilusionista em sua festa de aniversário, a socialite preencheu um cheque para efetuar o justo pagamento, e foi amigavelmente censurada pelo amigo:


- Deixe disso, criatura! Não vou lhe cobrar nada!


- Ah, vai! Não o chamei aqui para trabalhar de graça!


- Que de graça que nada; somos amigos; amigos não pagam amigos.


- Amigos não exploram amigos. Tome aqui seu pagamento e não se fala mais nisso.


- Vai me desculpar, querida; mas será que nem uma vez você pode me tratar como pessoa, e não como produto?>


A doce queda-de-braço entre os amigos levou horas. Ela, porque achava justo valorizar economicamente o trabalho dele. Ele, porque não queria, pelo menos naquele momento, ser tratado como produto.


Formidável contrariedade, a daquele artista. Ser valorizado em sua arte, por alguém bem próximo é uma raridade. Foi convencionado que os profetas não têm valor nas terras onde vivem; não fazem sucesso entre os seus.


Ademais, no exato momento em que o felizardo se queixava de ser tratado como produto, e não respeitado como pessoa, milhões de artistas de todas as áreas mundo afora, lamentam porque são tratados como pessoas, e não respeitados como produtos.


  • Seus dados

  • Nome completo *
    Digite seu nome completo
  • E-mail *
    Digite seu nome completo

  • Dados dos seus amigos

  • Limite de 10 e-mails por envio.
  • Nomes *
    Caso queira enviar para vários amigos, basta separar os nomes com vírgulas.
    Exemplo: George Gonçalo, Ana Leticia, Mauro Gomes
  • E-mails *
    Digite os e-mails dos seus amigos. Siga a mesma ordem dos nomes.
    Exemplo: george@email.com, ana@email.com, mauro@email.com
  • Mensagem *
    Essa mensagem será enviada para seus amigos, junto com a indicação

Sobre o autor

Demétrio Sena. Nome completo: Demétrio Pereira Sena. Morador de parque das Flores em Magé. Autor de nove livros. Fotógrafo. Arte-educador (animador cultural) da Secretaria Estadual de Educação. Palestrante e oficineiro (de modalidades literárias, origami, bola mania, impostação de voz e fotografia) em escolas, empresas e outros ambientes.

Nenhum comentário

Seja o primeiro