A Arte da Desmistura | 23 de julho de 2015 - 18:39

Caburé e gavião

     De Salgado de São Félix, município do interior da Paraíba, vem essa parábola, contada com sabedoria por Tio Felix, matuto e cantador sertanejo; tio de meu parceiro musical Paulinho Paloce.


     Com seus mais de setenta anos, viveu suas diversas vidas, entre elas, a de cantador e contador de histórias e a de motorneiro de bonde puxado a burros, com sua simplicidade de poucas letras e sua elegância de terno e gravata, nos áureos tempos da sua juventude. Essa é uma das histórias contada para a criançada, nos meados do século passado.


     O caburé é uma avezinha pequenina, franzina. Um gaviãozinho.


     Nas suas andanças, Caburé, num de seus voos, se encontrou com um grande Gavião que é outra ave de rapina.


     Voaram, caçaram e, ao anoitecer, procuraram um galho de uma árvore para descansar e dormir.


     Caburé dormiu a noite toda com um olho fechado, mas o outro aberto.


     De manhãzinha, quando o sol brotou lá no canto do horizonte, depois de ter dado seu voo matinal de bom dia pra natureza, o Gavião chegou perto de Caburé, meio estranho e perguntou:


     - Caburé. Nós somos parceiros, gostamos das mesmas coisas, voamos, caçamos e estivemos juntos o dia inteiro.


    O gaviãozinho ouviu a conversa, de olho esticado pro Gavião, atento a cada palavra. E o gavião continuou.


    - Caburé. Porque você passou a noite toda dormindo com um olho fechado e o outro aberto?


    Sem perder a calma, Caburé respondeu:


    - Quando não se conhece bem as coisas que estão por perto. Quando a noite trás consigo a escuridão e não se sabe se é o amigo certo, a gente precisa dormir com um olho fechado e o outro aberto.


 


  • Seus dados

  • Nome completo *
    Digite seu nome completo
  • E-mail *
    Digite seu nome completo

  • Dados dos seus amigos

  • Limite de 10 e-mails por envio.
  • Nomes *
    Caso queira enviar para vários amigos, basta separar os nomes com vírgulas.
    Exemplo: George Gonçalo, Ana Leticia, Mauro Gomes
  • E-mails *
    Digite os e-mails dos seus amigos. Siga a mesma ordem dos nomes.
    Exemplo: george@email.com, ana@email.com, mauro@email.com
  • Mensagem *
    Essa mensagem será enviada para seus amigos, junto com a indicação

Sobre o autor

Ivan Wrigg Moraes é poeta, psicólogo, compositor, analista de sistemas, professor e articulista. Publicou cinco livros de poesia e uma antologia poética, dois de literatura infantil, uma prosa filosófica e quatro livros sobre história do teatro, além de ter gravado dois CDs solo (Lenha na Fogueira e Se Rolar, Rolou). Recebeu prêmio da UBE para o livro 3 x 4, de poesias.

Nenhum comentário

Seja o primeiro