27 de junho de 2016 - 19:22

Inscrições prorrogadas para o Parlamento Juvenil até o dia 30

Baixada Fácil

Alunos do 1° e do 2° ano do Ensino Médio de escolas públicas estaduais, com idade entre 14 e 17 anos, podem participar do Parlamento Juvenil. As inscrições foram prorrogadas até o dia 30 de junho e devem ser feitas pelo site www.parlamento-juvenil.rj.gov.br. Uma aluna da capital e dois da Baixada Fluminense, eleitos em 2015, desenvolveram projetos que estão em tramitação na Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) e podem virar lei estadual.


Mais de 90 estudantes serão eleitos e vão representar suas cidades na Alerj. Os inscritos em cada uma das 1.274 escolas públicas da Secretaria de Estado de Educação (Seeduc) vão participar de um processo de eleição, em que os alunos votarão e escolherão seus representantes. Serão eleitos jovens dos 92 municípios do estado, que vão vivenciar, durante uma semana, o ambiente político da Alerj, discutindo e aprimorando projetos de lei que eles mesmos criaram. Ao final, as propostas dos estudantes podem virar lei estadual, sancionada pelo governador.


Os alunos Sérgio Vinícius Barbosa, do Ciep 396 – Luiz Peixoto, em Queimados, e Samara Nascimento, do Colégio Estadual Stella Matutina, em Jacarepaguá, Rio de Janeiro, ambos da 3ª série do Ensino Médio, propuseram que seja incluído na Lei nº 5.645, de 6 de janeiro de 2010, referente ao calendário oficial de datas comemorativas do Rio de Janeiro, a  ‘Semana da Diversidade Cultural’.


O Dia Mundial da Diversidade Cultural é celebrado em 21 de maio e, com a aprovação da lei, a ideia é que integrantes de movimentos culturais ou profissionais que atuem neste segmento realizem manifestações artísticas, oficinas, debates e outras atividades na semana em que o dia 21 estiver inserido. O objetivo é propagar a diversidade como ferramenta de integração social e de preservação do patrimônio imaterial do estado.


“Percebi, na minha própria escola, certa intolerância por parte de alguns colegas. Por isso, a informação é extremamente necessária. Todos falam que os jovens são o futuro do nosso país. Então, se realmente quisermos fazer a diferença e obter um mundo diferente, devemos aprender e propagar determinados valores”, destacou Samara.


O estudante Thiago Vinicius Baltazar de Menezes Fernandes, da cidade de Magé, na Baixada Fluminense, participou do Parlamento Juvenil de 2015 e sua proposta de instituir o ‘Prêmio Novo Autor’ virou Projeto de Resolução, hoje em tramitação na Alerj. A proposta é premiar obras inéditas de autores fluminenses, incentivar, difundir e fomentar a criação e a cultura literária, elegendo as melhores obras de autores jovens em diferentes gêneros. 


“Envolver os alunos no debate político é importante. Quem sabe daqui a alguns anos não veremos esses alunos representando suas cidades em cargos políticos e participando, por meio do legislativo, da criação de leis e do desenvolvimento social do estado. O Parlamento Juvenil pode ser o primeiro passo para isso acontecer”, destaca o secretário de Estado de Educação, Wagner Victer.


O Parlamento Juvenil é uma parceria entre a Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), Secretaria de Estado de Educação e Secretaria de Estado de Esporte, Lazer e Juventude e pretende incentivar a participação política dos jovens alunos.


  • Seus dados

  • Nome completo *
    Digite seu nome completo
  • E-mail *
    Digite seu nome completo

  • Dados dos seus amigos

  • Limite de 10 e-mails por envio.
  • Nomes *
    Caso queira enviar para vários amigos, basta separar os nomes com vírgulas.
    Exemplo: George Gonçalo, Ana Leticia, Mauro Gomes
  • E-mails *
    Digite os e-mails dos seus amigos. Siga a mesma ordem dos nomes.
    Exemplo: george@email.com, ana@email.com, mauro@email.com
  • Mensagem *
    Essa mensagem será enviada para seus amigos, junto com a indicação